O que é melasma e como tratar?

O que é melasma e como tratar?

O melasma é uma das queixas mais comuns nos consultórios dermatológicos. Mas o que é melasma, afinal?

O melasma é uma doença inflamatória caracterizada por manchas escuras na pele. Esse pigmento é produzido em situação de inflamação, quando os melanócitos aumentam a produção de melanina por um mecanismo de resposta inflamatória.

Se você sofre com esse problema, leia esse post até o final, que a Dra. Aline Prata, médica dermatologista, vai pontuar algumas características que talvez você nunca tenha ouvido falar sobre o assunto.

A Dra. Aline diz que normalmente as pacientes percebem que as manchas de melasma escurecem quando elas passam por momentos ruins, de baixa autoestima ou muito estressantes. 

Isso porque o estresse físico e emocional, assim como os extremos de temperatura, como frio ou calor demais, podem provocar uma cascata de reações inflamatórias, fazendo com que as manchas escureçam ainda mais.

Se você já fez vários tratamentos e não conseguiu estabilizar o seu quadro, talvez você não esteja sendo orientada da forma mais adequada para o seu caso. Lembrando que o melasma precisa ser tratado com um profissional especialista em tratamento de pele, o dermatologista. 

Quanto antes o tratamento é iniciado, maiores são as chances de obter resultados satisfatórios. Isso porque é possível começar a tratá-lo no seu estágio inicial, o melasma epidérmico. Nesse caso, os tratamentos domiciliares já fazem muito sucesso.

Já o melasma vascular é quando acontece uma trama de rede de microvasos associados ao pigmento melânico. Quando diagnosticado, o problema precisa ser tratado levando em conta que nem todos os produtos podem ser utilizados, pois alguns deles poderão piorar ainda mais o caso. Esse tipo de melasma possui uma certa intolerância aos ácidos, por exemplo.

Hoje temos uma visão de que o melasma é uma forma de envelhecimento de algumas pessoas, e por isso não podemos nos ater somente a tratamentos clareadores. Precisamos também dar suporte para aquela pele ser tratada e rejuvenescer.

À medida que tratamos a pele com procedimentos que melhoram a qualidade da pele, como a bioestimulação do colágeno, nós também reparamos uma melhora no melasma.

O melasma é um problema muito atual, mas que muitas pessoas ainda desconhecem. Devido a esse desconhecimento, algumas pessoas acham que não existe chance alguma de ser tratado e que não há como melhorar o quadro da doença.

É possível tratá-lo sim, mas é um tratamento que deve ser feito de forma segura, lenta e com a visão completa da fisiopatologia da doença, para que não tenha um efeito de piora.

Entenderam direitinho o que é melasma? 

Ficaram com alguma dúvida? Só mandar aqui que a Dra. Aline Prata responde.

Younger Derm

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *